Credibilidade, Tradição e Profissionalismo
Há mais de 15 anos contribuindo para a realização de eventos nacionais e internacionais

Jornalista, Crítico Musical, Apresentador de Programa

Iniciou sua carreira atuando como repórter do "Boletim Cambial" e, em seguida, do "Jornal do Brasil", no Rio de Janeiro. Mais tarde, transferiu-se para São Paulo, onde dirigiu a redação da sucursal paulista do jornal carioca. Trabalhou, depois, no "Jornal da Tarde", no qual, além de outras funções, assumiu a direção da editoria de pauta e de artes&espetáculos e manteve uma coluna. Paralelamente, escreveu matérias para diversas revistas e jornais, como a "Isto é Senhor" e a "Folha de S. Paulo", entre outros. A seguir, passou a trabalhar na Editora Três, onde criou e dirigiu, durante 10 anos, a "Som Três", primeira revista brasileira de música & áudio. Ao mesmo tempo, começou a atuar no rádio, ao lado do crítico J. Jota de Moraes, no programa de música erudita contemporânea "Primeira audição", transmitido pela FM Gazeta (SP). Participou dos júris de diversos festivais. Trabalhou, ainda, em televisão, inicialmente na TV Cultura (SP), onde atuou como comentarista de música popular do programa semanal "Panorama", e, em seguida,na Rede Globo (SP). Manteve, na Rádio Excelsior (depois CBN/SP), o programa diário "Sr. Sucesso", assumindo, posteriormente, a direção da Excelsior FM. Trabalhou como crítico musical da TV Globo, passando, depois, a atuar como repórter em todos os jornais da emissora e, em seguida, com quase exclusividade para o programa "Fantástico". A partir de 2000, passou a assinar uma coluna semanal de música popular para a revista "Chiques & Famosos". Atualmente apresenta o quadro "Me leva Brasil" pelo Fantástico.

Palestras

Na sua palestra fala sobre criatividade, diferenças culturais no mercado brasileiro, adaptando a palestra a necessidade e briefing do cliente e também conforme a reação da platéia.

No tema é criatividade, apresentamos alguns truques e técnicas para estimular um drible na rotina. Não apenas na atividade profissional, mas também nas tarefas mais comuns do dia a dia e até nas diversas formas de relações.

Na tela, são mostradas algumas estórias de brasileiros anônimos que conseguem inventar um jeito diferente de viver, progredir, se divertir. A platéia é convidada a participar e, quase sempre, aceita o desafio. Tudo, claro, com bom humor.

Formulário de contato